Carf define prazo para Receita analisar uso de prejuízo fiscal

9/05/2022 em Imprensa

Nosso sócio Leandro Cabral e Silva comentou, em entrevista ao jornal Valor Econômico, decisão recente da 3ª Turma da Câmara Superior do CARF – Conselho Administrativo de Recursos Fiscais que reduziu o tempo para a Receita Federal questionar o uso de prejuízo fiscal pelo contribuinte.

Os conselheiros decidiram que o prazo de cinco anos começa a ser contado a partir da apuração do prejuízo fiscal, e não na data da compensação para reduzir o Imposto de Renda a pagar sobre lucro.

Para Leandro Cabral e Silva, a compensação de prejuízo fiscal é importante porque reduz o valor do Imposto de Renda a recolher. A partir do momento que a empresa apura o valor, pode compensar no ano seguinte. Segundo nosso sócio, a decisão é relevante porque uma empresa pode passar dez anos apurando prejuízo e compensar dez anos depois. “Não é possível que nesse momento (da compensação) o Fisco diga que o contribuinte cometeu um erro lá atrás”, afirma.

Leia mais na reportagem da jornalista Beatriz Olivon: https://lnkd.in/gNNyvcFd

 

Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

STJ

REsp nº 1837944/SP – MAKRO ATACADISTA S.A x FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO – Relator: Min. Francisco Falcão Tema:…

24 de maio de 2022 em STJ

Leia mais >

STJ

REsp nº 1436757 – AES URUGUAIANA EMPREENDIMENTOS S/A x FAZENDA NACIONAL – Relatora: Min. Regina Helena Costa Tema: Direito de…

24 de maio de 2022 em STJ

Leia mais >