Reforma do IR desestimula adoção de holding familiar

6/07/2021 em Imprensa

Nossas sócias Natalia Zimmermann e Joanna Oliveira Rezende  falaram ao Valor Econômico sobre os efeitos da proposta de reforma do Imposto de Renda sobre a adoção de holdings familiares no planejamento patrimonial e sucessório.

A proposta em discussão no Congresso prevê aumento de tributação, com a cobrança sobre dividendos, além de antecipação do pagamento do imposto, que passará a incidir antes mesmo da distribuição do lucro.

Nossas sócias explicam que as empresas no exterior não são estruturadas apenas com finalidade fiscal, mas sim constituídas como veículos de agregação de investimentos internacionais com finalidade sucessória, de governança corporativa e familiar. Assim, não faria sentido desestimular esse tipo de operação.

Veja outros detalhes na reportagem: https://lnkd.in/ds87qQ2

Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

News Bancário Nº 709

Nova legislação cambial No dia 30.12.2021, foi publicada no Diário Oficial da União a Lei nº 14.286, de 29.12. 2021…

19 de janeiro de 2022 em News Bancário

Leia mais >

News CARF

Acórdãos CARF em Destaque ­ ­ Nesta edição, destacamos acórdãos do CARF publicados até 12/2021 acerca de temas relevantes, organizados…

17 de janeiro de 2022 em News CARF

Leia mais >