Especialistas alertam para os riscos do vazamento de dados de 223 milhões de CPFs

28/01/2021 em Imprensa

Nosso sócio Laércio Sousa, especialista em Direito Digital, internet e e-commerce, falou ao Jornal Nacional sobre aquele que já é considerado o maior vazamento de dados da história do Brasil.

Em um episódio, foram vazados 223 milhões de CPFs, com dados até de pessoas já falecidas. Foram expostas identidades, datas de nascimento, além de informações de 104 milhões de veículos e 40 milhões de empresas.

Em outro vazamento relatado pelo Jornal Nacional , foram reveladas informações detalhadas de 140 milhões de pessoas, como telefone, salário, formação acadêmica, endereço e até fotos.

Nosso sócio explica que, diante desses fatos, todos devem redobrar seus cuidados no ambiente virtual, checando a identidade de e-mails para saber se de fato foram enviados por instituições financeiras, por exemplo.

Assista aqui à matéria completa da repórter Cláudia Bomtempo: https://lnkd.in/gcEgrad

Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

Advocacia Geral da União abranda os acordos a partir de fevereiro de 2022 para parcelamento de dívidas

No 5º dia do mês de janeiro do ano corrente, a Advocacia Geral da União, a “AGU”, promulgou a Portaria…

24 de janeiro de 2022 em Artigos

Leia mais >

Setor de seguros espera derrubar cobranças de PIS/Cofins no Carf

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, nosso sócio Leandro Cabral e Silva falou sobre a possibilidade de virada de jurisprudência…

21 de janeiro de 2022 em Imprensa

Leia mais >