V&G News Trabalhista e Previdenciário Nº 334

18/01/2016 em News Trabalhista e Previdenciário

TST reconhece direito de compra de ações por empregado demitido

18 de janeiro de 2016

O Tribunal Superior do Trabalho (“TST”), em 18 de novembro de 2015, julgou um Recurso de Revista de forma favorável ao empregado, aduzindo que o mesmo tem direito de comprar ações da sua antiga empregadora, por ter sido demitido antes do fim do prazo que lhe garantia este direito.

A compra de ações por funcionário decorre do plano de Stock Option, que viabiliza a participação do trabalhador no capital da empresa por meio da opção de compra de ações negociáveis no mercado de capitais.

Ocorre que, faltando apenas 08 (oito) meses para que o empregado adquirisse o direito de exercer a opção de compra das ações, a empregadora o demitiu sem justa causa. A defesa se baseou em uma cláusula do contrato de stock option, o qual previa que o desligamento extingue automaticamente, de pleno direito, todas as opções que foram concedidas ao empregado. Tal cláusula foi considerada ilegal pelo TST, uma vez que o dispositivo deixa ao arbítrio da empresa a possibilidade de permitir ao empregado o exercício do direito, ou seja, pode a empresa, por si só e a seu critério, impedir que uma das condições do plano se concretize. Sendo assim, tendo em vista a ilegalidade da cláusula, bem como a demissão imotivada, o direito de compra das ações foi reconhecido.

 

Equipe Responsável:

José Carlos Mota Vergueiro
(11) 3145-0954
jcvergueiro@vellozaegirotto.com.br

Michelle Rosa Ferreira
(11) 3145-0927
michelle.ferreira@vellozaegirotto.com.br

Tamara Castrezana de Siqueira
(11) 3145-0912
tamara.siqueira@vellzaegirotto.com.br

 

ESTE BOLETIM É MERAMENTE INFORMATIVO E RESTRITO AOS NOSSOS CLIENTES E COLABORADORES. FICAMOS À DISPOSIÇÃO PARA EVENTUAIS ESCLARECIMENTOS SOBRE A(S) MATÉRIA(S) AQUI VEICULADA(S).

Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

News Societário Nº 568

GOVERNO REGULAMENTA PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE STARTUPS DE FORMA SIMPLIFICADA Em abril de 2019, por meio da Lei Complementar nº…

27 de março de 2020 em News Societário

Leia mais >

News Mercado de Capitais Nº 567

CVM prorroga prazos regulatórios e suspende restrições em função da pandemia do COVID-19 Em razão do agravamento dos impactos econômicos…

26 de março de 2020 em News Mercado de Capitais

Leia mais >