STJ

27/06/2019 em STJ

REsp nº 1811809/MG – ESTADO DE MINAS GERAIS X OUTBACK STEAKHOUSE RESTAURANTES BRASIL S/A – Relator: Min. Herman Benjamin
Tese: Aceitação de garantia apresentada fora do prazo, mas antes de formalizada a penhora

Nesta terça-feira, a 2ª Turma do Superior Tribunal de Justiça deu provimento ao recurso especial do Estado de Minas Gerais, defendendo que a superação do prazo de cinco dias da citação, dentro do qual constitui faculdade do devedor apresentar depósito, fiança ou seguro-garantia, por si só, não consubstancia justificativa legítima para a recusa da apólice de seguro apresentada, mas impõe a observância da ordem de direitos e bens prevista no art. 11 da Lei 6.830/1980.
A Turma seguiu o entendimento pacífico do STJ, segundo o qual é permitida a recusa da Fazenda quanto a garantia que não observa a gradação prevista no art. 11 da Lei 6.830/1980. Destacaram, ainda, que a Primeira Seção, na sistemática dos recursos repetitivos, sedimentou esse entendimento, excetuando, à luz do art. 620 do CPC/1973, apenas a hipótese de comprovação de “imperiosa necessidade” afim de afastar a ordem legal.

 

Clique e confira a íntegra do informativo: Velloza Ata de Julgamento

Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

Velloza Ata de Julgamento

RE 784439  – BANCO SUDAMERIS BRASIL S/A x MUNICÍPIO DE MACEIÓ – Relator: Min. Rosa Weber Tema: Saber se a…

30 de junho de 2020 em Velloza Ata de Julgamento

Leia mais >

Supremo está a um voto de manter norma antielisão

Nosso sócio Leandro Cabral e Silva foi entrevistado pelo Valor Econômico sobre a aplicação da chamada “norma antielisão”, em debate no Supremo Tribunal Federal. Prevista…

29 de junho de 2020 em Imprensa

Leia mais >