News Tributário Nº 582

14/04/2020 em News Tributário

O conceito de insumo para o PIS/COFINS diante da pandemia do COVID-19

Conforme já noticiado pelo Velloza News Tributário n. 500, o STJ, no Recurso Especial Repetitivo nº. 1.221.170/PR, afastou a definição restritiva do conceito de insumo proposto pelas Instruções Normativas nº. 247/2002 e 404/2004, definindo que “o conceito de insumo deve ser aferido à luz dos critérios da essencialidade ou relevância, considerando-se a imprescindibilidade ou a importância de determinado item – bem ou serviço – para o desenvolvimento da atividade econômica desempenhada pelo contribuinte”.

Tal interpretação possui novo e relevante significado para as empresas sujeitas às contribuições ao PIS/COFINS não-cumulativas que, assim como toda a população mundial, neste momento se deparam com a pandemia da chamada Covid-19, doença causadora de milhares de mortes e problemas crônicos de saúde, cujos efeitos já transmutaram as relações sociais e de trabalho

Isso porque, a título de exemplo, a necessidade do isolamento da população transformou o teletrabalho (home office) em uma medida essencial para a continuidade do exercício de muitas atividades empresariais, acarretando investimentos relevantes às empresas para se adequarem a essa nova realidade.

Neste cenário, ainda no campo exemplificativo, despesas oriundas da compra/aluguel de computadores pessoais (notebooks) a serem disponibilizados aos seus empregados, compra e/ou aumento da quantidade dos servidores mantidos pelas empresas, aquisição de maior número de licenças de softwares de segurança para trabalho remoto e armazenagem de dados, tornaram-se essenciais para o exercício de variadas atividades, em razão das medidas preventivas de isolamento determinadas pelos governos.

O mesmo se aplica ao significativo aumento na demanda de compra de produtos de higienização pessoal, visando à esterilização do ambiente de trabalho para as empresas e/ou departamentos que não podem se valer do acesso remoto de trabalho.

Nesse contexto, é importante que se faça nova leitura sobre o quanto decidido no julgamento do Recurso Especial n° 1.221.170/PR, para que as empresas possam definir a essencialidade ou relevância de cada despesa – necessária à continuidade da sua atividade empresarial –  incorrida em razão do atual cenário de calamidade pública, com o correspondente reconhecimento do direito ao crédito de PIS/COFINS.

 

ESTE BOLETIM É MERAMENTE INFORMATIVO E RESTRITO AOS NOSSOS CLIENTES E COLABORADORES. FICAMOS À DISPOSIÇÃO PARA EVENTUAIS ESCLARECIMENTOS SOBRE A(S) MATÉRIA(S) AQUI VEICULADA(S).
Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

News Tributário Nº 619

Lei do Estado de São Paulo revoga benefício do IPVA para locadoras de veículos No último dia 15 de outubro…

23 de outubro de 2020 em News Tributário

Leia mais >

News CARF

Acórdãos CARF em Destaque ­ Nesta edição, destacamos acórdãos do CARF publicados até 09/2020 acerca de temas relevantes, organizados por…

15 de outubro de 2020 em News CARF

Leia mais >