News Trabalhista e Previdenciário Nº 482

12/11/2018 em News Trabalhista e Previdenciário

TST altera critério de correção de débitos trabalhistas

12 de novembro de 2018

Em recentíssima decisão (acórdão publicado em 26/10/2018-Processo TST-RR-10260-88-2016-5-15-0146), o TST mudou entendimento sobre aplicação do IPCA-E ( Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial ) sobre débitos trabalhistas, LIMITANDO A ADOÇÃO DO IPCA-E COMO INDICE DE CORREÇÃO DE DÉBITOS TRABALHISTAS SOMENTE NO PERÍODO COMPREENDIDO ENTRE  25/03/2015 A 10/11/2017.

Assim, nos demais períodos (anterior a 24/3/15 e posterior a 11/11/2017) a TR – TAXA REFERENCIAL deverá ser adotada como índice de atualização dos débitos trabalhistas.

Tal decisão se mostra favorável as empresas, pois, a partir de 25/3/2015, com a adoção do IPCA-E, houve um aumento significativo dos débitos trabalhistas judiciais, cuja elevação poderia representar cerca de 33% do crédito devido ao empregado.

Essa importante decisão traz reflexos financeiros imediato para contingências trabalhistas, já que o critério de atualização de débitos trabalhistas pela TR a partir de 11/11/2017 implica em correção monetária inexistente de débitos trabalhistas, ou, num outro enfoque, quase que negativa, pois a TR permanece zerada desde 10/8/2017 .

 

­­

ESTE BOLETIM É MERAMENTE INFORMATIVO E RESTRITO AOS NOSSOS CLIENTES E COLABORADORES. FICAMOS À DISPOSIÇÃO PARA EVENTUAIS ESCLARECIMENTOS SOBRE A(S) MATÉRIA(S) AQUI VEICULADA(S).
Velloza Advogados |

VER TAMBÉM

News Tributário Nº 520

Parecer PGFN sobre IOF/Câmbio no ingresso de recursos de exportação mantidos no exterior A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (“PGFN”) emitiu,…

3 de julho de 2019 em News Tributário

Leia mais >

News Meios de Pagamentos, Tecnologia e Proteção de Dados Nº 519

Novas Regras sobre as Operações de Desconto de Recebíveis de Arranjo de Pagamento e de Operações de Crédito Garantidas por…